As curiosidades da Moldávia incluem uma série de achados e costumes que fazem parte da história e de como esse território surgiu e alcançou o seu nome. 

Muitas dessas curiosidades da Moldávia passam desapercebidas ao público devido às características do país, que parece estar esquecido, quase intocado e ainda pouco conhecido entre os turistas. 

Sendo assim, uma das chances de conhecer um local completamente diferente, rico em detalhes e histórias e capaz de encantar qualquer turista, seja nas construções ou nas ruas, é entender as características do local. 

Então, descubra agora algumas coisas que apenas a população local ou aqueles que já viajaram e andaram pelo território realmente sabem. 

Natal mais longo 

Natal Moldávia
O Natal da Moldávia tem 3 dias!

Uma das principais novidades que podem chamar um pouco a atenção dos turistas se refere a celebração de natal.

A Moldávia celebra o natal nos dias 24, 25 e 26 de dezembro. Isso mesmo, durante três dias. 

As preparações tradicionais começam no início de novembro e as mesas são recheadas com bolos, porcos e trocas de presentes.

Entretanto, a entidade conhecida popularmente como Papai Noel é substituída na Moldávia por Mos Craniun, devido ao banimento do conto russo Hather Frost após a independência do país.

Regra dos sapatos 

Quando você está entrando na casa de alguma pessoa da Moldávia, vai acabar tendo que deixar os seus sapatos na porta de entrada. 

Parecido com outras culturas, o país tem o hábito de evitar o uso de sapatos em casa como uma maneira de garantir mais higiene, já que as solas pegam todos os tipos de sujeiras do solo. 

Para lidar com isso, é comum que os habitantes tenham chinelos próprios, apenas para ficarem dentro de casa. 

Música e dança 

Outras curiosidades da Moldávia incluem a paixão pela música e dança, que sofrem forte influência da Romênia. 

Miorita é uma das musicas tradicionais sobre ovelhas e uma das favoritas do país, tanto que os dois primeiros versos estão impressos em suas notas de dinheiro. 

História de milênios 

Ainda que se saiba muito sobre a história da Moldávia, é possível que muito ainda esteja para ser descoberto. 

Para você ter uma ideia, diversas ferramentas antigas que datam de 1,2 milhão de anos foram encontradas em alguns sítios arqueológicos do país. 

Todas essas relíquias foram adicionadas ao acervo nacional de artefatos paleolíticos e neolíticos, que você pode observar nos museus locais, ricos em joias, armas e itens de cozinha. 

Dia do vinho 

vinho moldávia
O vinho é a bebida preferida da Moldávia!

Entre as curiosidades da Moldávia está o famoso dia do vinho, que é um dos principais itens que movimentam a agricultura e economia local.

Nesses dias, 3 e 4 de outubro (sim, dois dias), os fazendeiros abrem casas e vinhedos para o público. 

Assim, a celebração envolve a degustação de vinho durante os dois dias, que são bem acessíveis financeiramente. 

Além disso, as cidades disponibilizam ônibus gratuito, para aumentar o negócio e facilitar o transporte até as vinícolas.

Prato nacional 

Todos os países têm um prato típico e considerado nacional, como no Brasil é a feijoada, e essa informação não poderia ficar de fora da lista de curiosidades da Moldávia.

Assim, um prato que não pode faltar nas mesas de jantar é um mingau feito com farinha de milho amarela. 

Normalmente, o prato é acompanhado de guisados ou pratos de carne guarnecido com queijo cottage, creme de leite ou isca de porco. 

Animal nacional 

auroch
Um Auroch é quase a mistura de um búfalo com um boi

Alguma vez imaginou que existia um animal considerado nacional, mais ou menos como a na Índia? 

Pois na Moldávia, eles tem como símbolo uma cava grande, que se chama Auroch.

Esses bovinos são bastante diferentes daqueles que você geralmente vê e são considerados quase extintos, sendo bastante corpulentos. 

Para você ter uma ideia, na bandeira da Moldávia é a cabeça desse auroch que está dentro do escudo. 

Acredite, quase tem uma praia 

Lago Chisinau
Lago Chisinau

Ainda que não seja considerada uma verdadeira praia, essa é uma das curiosidades da Moldávia que faz muito turista ficar confuso. 

Basicamente, está se falando do Lago Chisinau, na capital da Moldávia, que não tem acesso ao mar e chega a ser visto como um lado artificial. 

De qualquer forma, devido ao deslizamento de areia, o lago lembra bastante uma praia, chama a atenção dos turistas e garante uma vista incrível. 

Casa dos pássaros 

Os longos campos e o clima mais ameno durante o verão fazem com que uma das curiosidades da Moldávia seja a grande quantidade de pássaros que escolhem a região para chamar de lar. 

Ao todo, a conta se aproxima de 300 espécies diferentes, seja durante o ano todo ou apenas na época do acasalamento. 

Além do mais, muitos desses pássaros acabam na Moldávia como uma alternativa para fugir dos invernos mais rigorosos do Norte. 

Território separatista 

Pode ser que você nunca tenha ouvido falar sobre território separatista, mas é bem fácil de entender. 

Basicamente, a Transnístria, que é onde fica Tiraspol, declarou independência da Moldávia em 1990. 

Por isso, a região tem sua própria moeda e até controles de fronteira, mesmo que outros países não reconhecem essa independência como algo oficial. 

Não tem litoral 

Grande parte dos países são conhecidos por terem a encosta ou litoral em alguma de suas partes. 

Porém, tecnicamente, a Moldávia não tem litoral nenhum. 

interior moldávia
A Moldávia é um país no interior do leste europeu

Por outro lado, uma das curiosidades da Moldávia é que na tentativa de facilitar o acesso ao Mar Negro, que está bem próximo, foi feito um intercâmbio territorial com a Ucrânia em 2005. 

Com isso, o país passou a ter acesso a uma extensão de 600m do rio Danúbio, que desagua no Mar Negro.

Segunda nação que mais bebe no mundo 

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, uma das curiosidades da Moldávia se refere a quantidade de álcool que é ingerida no país. 

Esses dados apontam que cada habitante bebe uma média de quase 17 litros de bebida por ano, isso sem contar qualquer pessoa que tenha menos de quinze anos. 

Assim, a Moldávia fica em segundo lugar no ranking, atrás apenas da Bielorrússia.