fbpx

Língua da Eslovênia: Saiba tudo sobre o Esloveno e as curiosidades da língua eslovena

8 minutos para ler

A língua da Eslovênia, oficialmente, é o próprio esloveno. A língua, que faz uso do alfabeto latino, tem desempenhado um papel especial em toda a história do país.

Além de cativar parte do turismo da Eslovênia, a língua carrega traços históricos muito interessantes.

Assim como a bandeira da Eslovênia, são diversos os fatos curiosos sobre a língua do país. Pensando nisso, separamos esse post especial!

Quer saber mais sobre como aprender esloveno? Clique aqui.

O Esloveno

Ainda é considerado um dos fundamentos da identidade nacional. Apesar de várias influências, preservou suas características linguísticas especiais – a mais notável é a forma dual arcaica.

Este é o número gramatical usado para duas pessoas ou coisas em todas as partes flexionadas do discurso.

Mesmo uma proficiência limitada no esloveno tornará sua viagem mais fácil e gratificante. Você economizará tempo para encontrar o que deseja, seja um quarto de hotel, um prato especial no cardápio ou um item que você queira comprar.

Algumas frases de conversação podem antecipar situações que você provavelmente encontrará, principalmente relacionados aos costumes e estilo de vida dos eslovenos e algumas outras as informações básicas necessárias.

O esloveno é uma linguagem moderna totalmente desenvolvida e internamente ricamente estruturada.

A codificação do esloveno literário em gramáticas, dicionários e livros normativos de referência tem uma tradição rica que vem do século XVI (o primeiro livro esloveno foi impresso em 1550).

Situação lingüística da língua da Eslovênia

língua da eslovênia

O esloveno é uma língua indo-européia com um sistema flexional altamente desenvolvido (por exemplo, preservação do dual). Juntamente com o croata, o sérvio, o macedónio e o búlgaro, classifica-se no ramo eslavo-sul das línguas eslavas, embora também tenha muitas características em comum com o ramo eslavo ocidental.

O território geográfico do esloveno está em uma das áreas de contato linguístico mais complexas da Europa, onde o eslavo converge com o românico, o germânico e o fino-úgrico.

Em comparação com a maioria das outras línguas eslavas, o esloveno tem uma série de características nas áreas de fonologia, lexicologia e morfologia. Para representar ortograficamente seus 29 fonemas, o esloveno usa 25 letras latinas, incluindo três com um acento circunflexo (č, š, ž).

O esloveno é a língua oficial e estatal da República da Eslovênia e a língua nativa de aproximadamente 2,4 milhões de pessoas: cerca de 1,85 milhão delas vivem na República da Eslovênia.

Apesar de o esloveno se limitar a um território relativamente pequeno e a um pequeno número de falantes, os dialectologistas estabeleceram a presença de 46 dialetos claramente definidos, divididos em seis grupos regionais: Caríntia, Carnioliano Superior, Carníolo Inferior, Littoral, Rovte, Estíria e Panónia. .

Visão histórica do esloveno

Jurij Dalmatin traduziu para o esloveno toda a Bíblia em 1584.

Fontes indicam que duas ondas de povoamento eslavo alcançaram o que hoje é território esloveno no século VI. Os Fragmentos de Freising e algumas outras cópias mostram que no século X o esloveno já começava a tomar forma a partir do eslavo alpino como uma língua distinta.

Muito depois da perda da independência política de Carantania, a linguagem dessa tradição continuou a ser usada (por exemplo, na cerimônia de entronização do duque da Caríntia até 1414).

A era da linguagem literária eslovena começa com Primož Trubar. Seu Abecedarium e Catecismo foram publicados em 1550.

As reformas de Maria Teresa e José II, a Revolução Francesa e as guerras napoleônicas: o uso do esloveno na vida pública começou a se espalhar para escolas públicas e escritórios, e a taxa de alfabetização da população aumentou.

O novo estado de coisas foi codificado na gramática de Jernej Kopitar de 1808. O status da língua literária foi consideravelmente elevado pelas criações poéticas de alta qualidade da France Prešeren (Poezije, 1847).

Durante a segunda metade do século XIX, o esloveno começou a ser usado amplamente. As normas de pronúncia eslovena (S. Škrabec) foram, portanto, a decisão mais importante para o desenvolvimento e crescimento do prestígio público do esloveno naquela época e posteriormente.

Depois do colapso do império austro-húngaro também na Iugoslávia, o esloveno não esteve em pé de igualdade por muito tempo.

Após a Segunda Guerra Mundial, o esloveno recuperou o status de uma língua oficial e também foi uma das línguas do estado da federação iugoslava. No entanto, os velhos problemas linguísticos políticos e culturais (a posição privilegiada do servo-croata) surgiram uma vez mais.

Quando um grupo de civis eslovenos foi julgado perante um tribunal militar em Liubliana, em 1988, e o tribunal conduziu os seus negócios em servo-croata, este foi um dos principais argumentos no apelo ao plebiscito de 1990.

Situação da Língua da Eslovênia atualmente

A tradução de “A glória do ducado de Carniola”, uma enciclopédia de 15 volumes do estudioso do século XVII Janez Vajkard Valvasor, do alemão ao esloveno, foi concluída.

No novo estado da Eslovênia, o esloveno se afirmou imediatamente no serviço militar, no serviço alfandegário e no protocolo estadual, e em todos os casos seu uso se expandiu em todas as áreas que se abriram com as mais recentes inovações em desenvolvimento social e tecnológico. .

Um dos maiores desafios para o esloveno no início do século 20 foi trazido pela adesão à União Europeia. Em 1 de Maio de 2004, a Eslovénia tornou-se membro de pleno direito da UE e o esloveno adquiriu o estatuto de uma das suas línguas oficiais.

O crescente interesse pelo esloveno como língua estrangeira (o esloveno é ensinado em numerosas universidades em todo o mundo, sob os auspícios do Centro para o esloveno da Universidade de Ljubljana como segunda / língua estrangeira) merece destaque.

Curiosidades sobre o esloveno

  • O esloveno evoluiu a partir do proto-eslavo, e os traços característicos da língua eslovena já são vistos nos manuscritos de Freising, os mais antigos escritos sobreviventes em esloveno. Eles foram escritos em latim na Caríntia há mais de mil anos. Os textos que eles contêm, no entanto, foram criados antes, provavelmente no século VIII.
  • O primeiro livro em esloveno, o catecismo, foi publicado em 1550. Foi escrito durante o período da Reforma pelo pároco protestante Primož Trubar, que é considerado o pai da língua literária eslovena. Ele escolheu escrever na língua então falada na cidade de Ljubljana, com elementos dos dialetos das províncias de Dolenjska e Gorenjska, criando assim o padrão esloveno.
  • A língua eslovena é uma das línguas mais arcaicas na Europa e em geral.
  • Os primeiros livros impressos em esloveno foram levados para casa em barris. Sua jornada ao leitor esloveno foi longa e tortuosa, muitas vezes de barco. Este método de entrega foi o melhor para esconder o verdadeiro conteúdo da remessa. Em 1551, Primož Trubar teve que contrabandear seu catecismo da gráfica de Tübingen (Alemanha) para evitar o confisco. Os impressores alemães continuaram a enviar livros para leitores eslovenos em barris até o início do século XIX.
  • O esloveno foi a 12ª língua do mundo a obter uma tradução da Bíblia em 1584. A Bíblia foi traduzida para o esloveno por Jurij Dalmatin.
  • Os eslovenos que vêm de partes opostas do nosso país podem ter enormes dificuldades para se entenderem. O esloveno é uma língua com cerca de cinquenta dialetos em sete grupos de dialetos: Dolenjska, Gorenjska, Koroška, ​​Primorska, Štajerska, Panonska e Rovtarska. Essa grande variedade linguística é o resultado de razões geográficas, políticas, históricas, sociais e outras.
  • O esloveno tem palavrões engraçados e inocentes? Muitas vezes refletem o amor pelos animais… Não se surpreendam ouvindo alguém dizer “Tristo kosmatih medvedov!” (Trezentos peludos!) ”, Ou“ Krščen matiček! (Batizado Matthew!) ” E ” Naj te koklja brcne! (Uma galinha deve chutar você) ”. ” Pismo rosno (letra Dewey) ”, ” Jebelacesta ” (estrada branca), ” Križana gora ” (colina Crucificada), ” Prmejduš (Sobre a minha alma) ”, ” Pejt se solit ” (Salgue você mesmo – significa se perder!), São algumas pérolas eslovenas. Há também duas expressões agradáveis ​​que as crianças usam: ” Marička potička (Little Mary Pie) ” e ” Pišuka (Whistle) ”. Aprenda-os rapidamente!
  • São muito orgulhosos com o fato de que a língua tenha sido preservada ao longo dos séculos, mesmo sem a soberania nacional. A história da língua, na verdade, é caracterizada pela luta pela independência do povo esloveno, que foi o núcleo dos escritos de duas figuras principais da literatura eslovena, o poeta France Prešeren (1800-1849) e o escritor Ivan Cankar (1876-1918).
  • As línguas húngara e italiana obtiveram o reconhecimento oficial do governo esloveno, a fim de salvaguardar e proteger as respectivas minorias estabelecidas nas áreas limítrofes de Prekmurje e Primorska. Não admira que a maioria dos visitantes estrangeiros na Eslovênia ache os eslovenos muito abertos, gentis e hospitaleiros. Sua experiência é geralmente positiva.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

5 thoughts on “Língua da Eslovênia: Saiba tudo sobre o Esloveno e as curiosidades da língua eslovena

Deixe um comentário