As Montanhas Tatra fazem parte da Cordilheira dos Cárpatos e atravessam a fronteira polaco-eslovaca com cerca de três quartos das montanhas na Eslováquia e tem papel importantíssimo no turismo do país.

Enquanto o lado da Polônia é rica em lagos, as montanhas mais altas da cordilheira estão na Eslováquia.

Toda a extensão dos alpes são lindos e geograficamente diversificada, oferecendo uma ampla gama de atividades recreativas em todas as estações.

Os picos proporcionam uma grande variedade de caminhadas, bem como um bom esqui no inverno.

Leia o conteúdo por completo para saber tudo que você pode fazer nas Montanhas Tatra, seus parques e suas atrações!

O que fazer nas Montanhas Tatra?

Como dissemos no início, os Tatras tem atrações para o ano todo. A época do ano em que você decide ir para os Tatras depende de quais atividades você quer fazer lá.

De Dezembro a Maio é a temporada de esqui e de Maio a Setembro o clima é ideal para fazer caminhadas ou simplesmente relaxar em torno dos lagos.

Muitos dos que vão às cidades próximas como Poprad, se contentam em apreciar a vista das montanhas alpinas enquanto andam de bicicleta.

Outros se aventuram a conhecer as paisagens com tours, como o lindo Morskie Oko (Polônia), um lago esmeralda no meio dos Tatras.

Para aqueles que estão buscando um pouco mais de uma aventura, os Tatras estão cheios de trilhas acessíveis para todos os diferentes níveis de trekking, juntamente com passeios guiados de alpinismo e operações de parapente para os destemidos.

Em cada parte da coedilheira, existem atividades diferentes. Existem 2 grandes parques que cobrem a maior parte das montanhas, o National Park High Tatras, que divide a Polônia com a Eslováquia e o National Park Low Tatras.

Vamos contar um pouco mais de cada um…

Altos Tatras (High Tatras)

Altos Tatras
Altos Tatras no verão!

Os Altos Tatras (Vysoké Tatry), a parte mais alta da Cordilheira dos Cárpatos, ocupam um lugar quase mítico nos corações eslovacos.

Instantaneamente reconhecível, o topo tortuoso do Monte Kriváň (2495m) tornou-se um símbolo nacional na literatura e na cultura popular, com alguns eslovacos jurando que é seu dever nacional escalá-lo.

Krivan tornou-se o símbolo da liberdade dos eslovacos e, desde 1955, as tradicionais caminhadas nacionais foram dedicadas à Revolta Nacional eslovaca e aos heróis locais.

Nessa porção da cordilheira, vinte e cinco picos atingem mais de 2500m e as montanhas mais altas – como Gerlachovský štít (2654m) – atraem a maioria dos caminhantes, revelando a Eslováquia como uma nação de aventureiros.

Existem três partes principais dos Altos Tatras:

  • O Tatra Ocidental;
  • O Alto Tatra central;
  • O Tatra Belianske;

Eles diferem em sua composição e localização geológica. Os habitantes dos Altos Tatras vivem nos assentamentos situados ao longo da “Estrada da Liberdade”, que une os Tatras Ocidental, Alto e Belianske.

Você pode passar dias vagando entre as cachoeiras dos High Tatras, prados alpinos e mais de 100 lagos ultramarinos. No inverno, a neve transforma trilhas em áreas de esqui, principalmente pequenas e familiares.

Vamos listar os principais atrativos da região:

Trekking

Trekking Altos Tatras
Equipamento de Trekking!

Há uma grande variedade de caminhadas, desde famílias até o experiente trekker. As trilhas são geralmente bem marcadas e muitas vezes têm barras de metal, escadas e correntes em áreas que podem ser um pouco mais difíceis de navegar.

Para aqueles que querem uma caminhada relaxante e fácil, o lado polonês é cercado por vistas panorâmicas e vida selvagem. Eu sugiro explorar os Vales Chocholowska e Koscieliska ou o Dolina Strazyska e os vales Regle.

Se você quiser um desafio maior, você pode enfrentar o Rysy Peak, o pico mais alto da Polônia, para ver centenas de picos e doze grandes lagos.

No lado da Eslováquia, as caminhadas são mais pesadas.

Você pode subir o Gerlachovsky Stit, mas para conseguir apreciar a sua altura e o cenário de tirar o fôlego, não é fácil. Contrate um guia especializado em montanhas para liderá-lo, caso contrário, é praticamente impossível (e proibido) chegar lá.

O Lomnicky Stit (2.634 m) é possivelmente o pico mais visitado de todas as Montanhas Tatra, provavelmente devido à sua acessibilidade por teleférico. Você encontrará o Observatório Astronômico e Meteorológico mais alto situado na Eslováquia no topo.

Além disso, ainda destacamos as trilhas que saem do Štrbské Pleso, um resort de esqui situado nas beiras do lago de mesmo nome.

Aqui, você consegue caminhar entre o Vale Mlynická e o Vale Furkotská, a caminhada no Vale Mengusovská, a trilha entre o Pico de Kriváň e Vale de Važecká e por fim um percurso entre Štrbské Pleso e Tatranská Polianka.

Se quiser uma lista mais extensa, dá uma olhada nesse post. Ele está em inglês, mas é bem completo!

Esqui nas Montanhas Tatra

A temporada de esqui começa no meio de Dezembro e continua até Maio, sendo que a maioria dos resorts de esqui eslovacos estão situados nos Altos Tatras.

Você pode praticar esqui ou snowboard em altas altitudes (> 1.500 m), acima das linhas de floresta. E para completar o seu dia, você pode apreciar a vista das montanhas magníficas com banhos em águas termais sob o céu aberto à noite.

Existem algumas áreas consideradas centros das montanhas mais altas da Eslováquia:

Poprad – a porta de entrada para os Altos Tatras

A cidade de Poprad é o centro econômico, cultural e turístico mais importante da região de Spis.

Você pode encontrar um monte de excelentes instalações de alojamento aqui e também um popular parque de águais termais, o AquaCity Poprad.

Apesar de estar relativamente longe (1h de distância das demais instalações nas montanhas), é a cidade mais estruturada que você pode se acomodar.

Štrbské Pleso

Štrbské pleso é uma aldeia localizada em torno do segundo maior lago da Eslováquia, de mesmo nome.

Desde que a vila foi construída pertence aos mais importantes centros turísticos, com um grande número de instalações para recreação e esportes, com um centro de esqui que carrega o mesmo nome também.

Tatranská Lomnica

A maior aldeia dos Tatras, Tatranská Lomnica tem várias funções. Ela está situada na Estrada da Liberdade, no sopé do Pico Lomnicky.

É o maior centro turístico, que oferece muitas oportunidades de esqui e uma variedade de transporte de montanha. Há uma sede do Parque Tatranský Národný (Parque Nacional Tatra) e do Museu TANAP.

Starý Smokovec

Starý Smokovec é a aldeia mais antiga dos Altos Tatras. Hoje em dia é também um centro administrativo onde o município e o centro dos serviços da montanha Tatra estão localizados.

Além disso, há uma grande quantidade de hotéis, aluguéis, agências de viagens e outras instalações. Eles estão localizados em uma área de transporte, perto da estação de trem Tatra, ônibus, estradas, etc. Ir com o próprio carro não é necessário.

Uma das outras vantagens é uma gama mais ampla de serviços, restaurantes, lojas e assim por diante. Além disso, existe a possibilidade de mais atividades culturais (esportes, danceterias, entretenimento, etc.).

Baixos Tatras (Low Tatras)

Baixos Tatras
Donovaly – cidade nos Baixos Tatras

O Parque Nacional Low Tatras (Nizke Tatry) fica no norte da Eslováquia, abaixo de seu maior irmão, os Altos Tatras, estendendo-se entre os vales dos rios Vah, do norte, e Hron, do sul. Possui densas florestas intocadas, vistas de tirar o fôlego, cachoeiras lindas e uma fauna exuberante.

Muitos turistas e alpinistas são atraídos para os Baixos Tatras para caminhadas interessantes, desafiando aventuras esportivas e vista grandiosa nos picos das montanhas Tatras e vales abaixo.

A temporada de inverno oferece resorts de esqui, sendo Jasna o maior da Europa Central. Assim como acontece com o irmão maior, a temporada de verão é ótima para caminhadas nos Baixos Tatras.

A cordilheira principal tem 80 km de extensão (50 milhas). Os eslovacos amam suas montanhas, mas apenas alguns se animam para atravessar toda a cordilheira.

A rota começa (ou termina) em Donovaly e termina (ou começa) na Certovica. Normalmente, esta caminhada demora cerca de 5 dias.

A distância da vida cotidiana, dormir em cabanas e atravessar a natureza bela das montanhas libera o espírito, une amizades e fortalece as forças.

Muitos eslovacos costumam fazer um passeio de trem de suas cidades para uma caminhada desafiadora nos Tatras, começando de manhã cedo, terminando com o anoitecer.

O pico mais alto dos baixos Tatras é Dumbier (2.043 m). Concorre com Chopok, segundo pico mais alto (2.024 m), também acessível por teleférico, para o título de mais visitado dos Baixos Tatras.

Durante um dia ensolarado com boa visibilidade, você pode ver a Hungria e quase toda a Eslováquia a partir do topo do Dumbier.

Pontos de partida populares para trilhas e boas acomodações

Liptovsky Mikulas

Cidade vibrante no norte para esportistas e famílias com atividades como rafting, parapente, esqui, muitos parques termais ao redor, como o Aquapark Tatralandia!

Vale Demanovska

Perto de Liptovsky Mikulas, a região inclui Jasna, Lucky, Zahradky e é um ótimo ponto de partida para as estações de esqui de inverno, com muitos chalés e pensões familiares.

Vale de Bystra

O vale fica no lado sul dos Baixos Tatras. A região inclui as cidades de Tale, Srdecko, Kosodrevina, Myto pod Dumbierom.

Donovaly

Aldeia de planalto no lado oeste, uma importante junção do norte e do sul da Eslováquia. Site procurado para o turismo de montanha de verão e esqui de inverno, um dos mais importantes gateways para os Baixos Tatras e também Big Fatra.

Sempre consulte os nativos para melhores trilhas e dicas.

Além dos passeios pelas montanhas Tatra, muitas cavernas maravilhosas são acessíveis ao público:

  • Caverna Bystrianska
  • Caverna dos Morcegos Mortos
  • Caverna Demanovska da Liberdade
  • Caverna de Gelo Demanovska
  • Caverna Vazecka

A Eslováquia realmente tem as formações de estalactites mais ricas e as cavernas são uma grande parte do turismo aqui.

Além de 840 km de trilhas, o Low Tatras também oferece cerca de 50 rotas de ciclismo – para bicicletas de estrada, cross bike e mountain bike.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Tatras National Park

Camurça Animal
Camurça (animal) e seu filhote!

O Parque Nacional das Montanhas Tatra é patrimônio de toda a humanidade. O Monte Krivan (2495m) é o símbolo nacional do povo eslovaco.

Desde 1993, a cordilheira Tatras, juntamente com a parte polonesa do Parque Nacional, foi identificada como reserva natural, biosférica da UNESCO.

O TANAP (Tatras National Park) foi fundado em 1949. Ele abrange toda a área dos Altos Tatras e é a única área protegida de flora e fauna entre as altas montanhas europeias situadas ao norte dos Alpes.

A sede administrativa do Parque Nacional está localizada em Tatranská Lomnica.

A área do TANAP contém plantas de montanha, como pinheiro-anão, pinheiros e uma flora maravilhosa. Espécies raras de animais, como a águia, o urso ou a marmota, também vivem no parque.

A camurça, uma espécie de cabra, é o símbolo de Tatras (não estamos falando do tecido). É uma das espécies mais preciosas, pois se desenvolveu isoladamente desde a era glacial.

Esta é a razão pela qual difere de seus parentes que vivem nos Alpes ou Apeninos. Sua proteção é extremamente rigorosa porque existem apenas 1000 animais no momento.

Por razões de segurança, os percursos de caminhada nos níveis mais altos das montanhas do TANAP estão fechados de 1 de novembro a 15 de junho.

Os visitantes acompanhados por guias de montanha podem desviar ou abandonar rotas de caminhada oficialmente marcadas apenas entre 16 de junho e 31 de outubro.

O Museu do TANAP em Tatranská Lomnica, fundado em 1957, fornece informações exaustivas sobre o TANAP e seus habitantes. Na verdade, é a melhor fonte de informação antes de visitar as montanhas, pois oferece a história natural e geral do local.

Visite Bratislava