Existem diversas formas de fazer turismo na Estônia. O país fica em um dos lugares mais desejados dos brasileiros: a Europa. Com um ar completamente diferente, mais bucólico e misterioso, as suas cidades medievais, costas cênicas e parques incríveis contemplam a paisagem mais misteriosa do mundo.

De fato, muitas de suas influências vieram de outros países vizinhos. A cultura da Estônia, assim como suas origens musicais, religiosas, arquitetônicas e gastronômicas, vêm através de ligações com os países nórdicos como a Suécia, Dinamarca e a Finlândia, além de alguma inspiração da Alemanha. 

Para quem busca um pouco de aventura, esse é um dos lugares mais estranhos do mundo. No contexto histórico, teve grande influência russa.

A gastronomia na Estônia tem suas raízes na culinária teutônica e traz pratos com muito repolho. Além disso, batatas, carnes, pães e porco com chucrute. Para complementar, um incrível salmão defumado e uma mistura de grãos para tomar um delicioso café da manhã. Maravilha, não é mesmo?

Mas de qualquer forma, estamos aqui para falar do clima, paisagens e sobre as cidades que tem maior número de visitantes e não encher sua boca de saliva!

Então sem mais delongas, vamos conhecer a Estônia! 

O Clima na Estônia

De clima oceânico e continental, a corrente Norte-Atlântica provoca diversas variações na temperatura. Marcado pelo mar Báltico, no inverno as águas são mais quentes. Na primavera, curiosamente ao contrário, a temperatura fica mais baixa e caem poucas chuvas. 

De inverno rigoroso, cerca de -9ºC. Geralmente, o clima na Estônia é úmido. A neve cai e cobre os telhados das casas. Portanto, diversas paisagens exclusivas podem ser vistas. Em Tallinn, capital do país, um dos dias mais quentes chega ao máximo de 20º. 

Melhor época de ir para a Estônia

Para fazer turismo na Estônia, escolha o fim da primavera e o verão – Maio até Setembro – para poder desfrutar de todos prazeres locais. Infelizmente, é uma das épocas mais chuvosas. Então, não deixe de levar guarda-chuva e agasalho. Afinal, prevenir é melhor que remediar. 

A primavera é mais seca, mas em abril e maio dá para ver um pouco de neve. Já se você quer ver neve, mas neve mesmo, o ideal é ir no final de outubro e novembro. 

As melhores paisagens na Estônia

Para quem gosta do contato com a natureza, a Estônia propicia um incrível tour com a vista para as melhores paisagens. Uma das características da Estônia é a possibilidade de explorar desde os restaurantes, parques e praias, até alguns lugares que são especiais para admirar a paisagem. Isto é, aprecie a bela vista!

Lago Peipus

Lago Peipus
Visão da margem do Lago Peipus

O lago Peipus é o quinto maior lago de água doce da Europa e cobre mais de 3 mil km² de extensão e tem 7 metros de profundidade em média. Caso você tenha coragem de entrar, prepare-se! O ponto mais fundo tem cerca de 15 metros. Inclusive, esse é um dos locais de turismo na Estônia mais desejados. 

Pode ser utilizado para pesca ou recreação. Além disso, tem um certo apelo histórico pois foi palco da grande Batalha do Lago Peipus. A luta foi entre os cavaleiros teutônicos e os Novgorodianos, sob um lago congelado. 

Lago Peipus congelado no inverno
O Lago Peipus fica congelado durante o inverno

A Batalha do Gelo em 1242, foi um confronto que mudou o destino da Estônia, que até então ainda era Rússia. Cercado por pântanos, de superfície fina e congelada, o impulso dos teutônicos era de levar o cristianismo.

A brilhante armadilha tramada por Alexandre Nevsky do lado de gelo deu super certo! Os cavaleiros teutônicos foram para o fundo. Ele tem uma igreja na capital, assim como uma na Bulgária, localizada em Sófia.

Golgo da Finlândia

Golfo da Finlândia
Golfo da Finlândia no por do sol

Esse é o ponto no qual separa a Finlândia da Estônia. Essa maravilha se estende até a cidade russa de São Petersburgo. A capital da Estônia, Tallinn, também é banhada pelo golfo. Aliás, dá para ver um pôr-do-sol incrível. 

Golfo de Riga

golfo de Riga
Esse é um farol famoso ao longo do golfo de Riga

De pouca salinidade, o Golfo de Riga está na divisa da Letônia. Na costa oriental do mar Báltico e com baixa profundidade, a sua entrada está na ilha de Saarema. 

O que fazer na Estônia

Para saber o que fazer de turismo na Estônia, listamos alguns passeios exclusivos que você só vai encontrar por aqui. As emocionantes histórias que trazem muita cultura e um pouco da rica natureza local impressionam com seus detalhes rústicos.

Megafones florestais em Võru County

Cientificamente, os sons da natureza nos propiciam sensações únicas e inimagináveis. Imagine uma floresta de abetos repleta de megafones florestais. Alguns gigantes e de madeira, cada um com o nome “Ruup”. 

Essa atração bastante peculiar te permite acalmar a mente e ler os sons da floresta. Dá para dormir, pensar, descansar ou simplesmente ouvir e apreciar os sons das folhas ao vento, animais e demais sons do bosque.

O local é aberto o ano todo, 24 horas por dia e não paga nada para desfrutar dessa maravilha 🙂

Área de Kreenholm e Fábrica Têxtil de Kreenholm

ilha de Kreenholm
Essa é a ilha de Kreenholm

Existe uma bifurcação no rio Narva, no alto da cidade de Narva, que no seu centro, existe uma ilha chamada Kreenholm que divide dois edifícios de tijolos vermelhos. Um deles é uma fantástica Fábrica Téxtil de Kreenholm, construída no século XIX. 

Na época, foi uma das maiores fábricas russas. Ao seu redor, um hospital, o quartel para os trabalhadores, casas e um parque Kreenholm compõe a estrutura da fábrica. Da mesma forma, a marca é conhecida até hoje. 

Centro de Aventuras de Kiviõli

Ao norte da cidade de Kiviõli, está localizado no Kiviõli Adventure Center. Ele fica em uma montanha que se divide em duas partes, uma voltada para esportes de neve e outro de motocross, um antigo monte de cinzas.

Através de uma pista de esqui, snowboards e pistas de corrida, é possível se arriscar na neve. 

Já no verão, a tirolesa de 700 metros de comprimento e as pistas para veículos em meio às montanhas trazem o cenário de muita aventura, Kart para crianças e atrações inéditas. Além disso, dá para ver o centro de Motocross com quase 2 mil metros de comprimento e 26 metros de altura. 

Um dos maiores eventos do verão é o Kiviõli Motocross Festival. Existe um estacionamento para os competidores, com uma área de lavabo para as motos e um sistema que mantém o percurso todo molhado. Não se preocupe, caso você tenha interesse, é possível ir até a noite pois tem iluminação por toda pista. 

Reino dos feiticeiros no vale primitivo do lago Uhtjärv

No vale primitivo do lago Uhtjärv, conhecer o Reino dos Feiticeiros é um ponto imperdível para sua visita na Estônia. Caso você decida visitar o vale primitivo, vai ser recebido pelo Chefe Feiticeiro Uhti. Então, ele vai contar as lendas e mostrar um dos pontos mais especiais de turismo na Estônia. 

Na cozinha de Uhti, é possível experimentar inúmeras refeições, desfrutar de atividades de lazer e até mesmo, jogar vassouras. Exatamente, um dos esportes mais curiosos e intrigantes do mundo. Provavelmente, o bruxo Harry deve ser mestre nisso.

Além disso, dá para passar uma noite por lá, tranquilamente.

Torre de vigia de Rõuge “Pesapuu”

Com apenas 30 metros de altura, parece uma árvore. Seja de dia ou de noite, dá para subir para observar em qualquer uma das 24 horas por dia. De noite, as luzes são acesas para iluminar os ninhos.

 O topo da torre é chamado de ovo de ouro, nas quais são as plataformas para fazer a observação. Realmente, parece uma casa de passarinho, mas o que impressiona mesmo é a vista. 

O passeio é gratuito. Prepare as malas para piar igual um passarinho no turismo na Estônia!

Museu da Mineração da Estônia

Você sabe como é um verdadeiro minério de carvão? Pegue seu jaco, vista as galochas e leve algo para iluminar. Nesse passeio, você vai descer no subsolo e sentir na pele como seria realmente minerar algo. Incrível, não? 

O Museu de Mineração Enrichment Factory também permanece aberto com sua experiência mais educacional. Aliás, dá para saber como a energia é criada e quais são as próximas tendências da eletricidade. É uma fábrica de enriquecimento!

Os ingressos são vendidos na hora, duas horas antes do museu do minério ser fechado e o para fabrica até uma hora antes.

As Cidades da Estônia

As pequenas cidades fazem parte do turismo na Estônia. De história rica, arquitetura única e lugares inacreditáveis, algumas cidades chamam atenção por seus detalhes específicos. 

Tallinn, a capital da Eslovênia

Cenário das ruas de Tallinn

A capital e centro de turismo na Estônia, Tallinn, traz consigo o centro histórico mais curioso, que não por acaso é a principal atração da cidade. No alto do centro histórico está a chamada Toompea, uma colina de paralelepípedos. A área é preservada e dá para ir a pé. 

Do alto da cidade, dá para ver toda a Cidade Velha. Por lá, você encontra lojas da Viru Street, Prefeitura século XIV e a Catedral Alexander Nevsky. Na Toompea, é possível ver toda a beleza de construções históricas, igrejas e edifícios perfeitos. 

Catedral de Alexandrer Nevsky da Eslovênia
Catedral de Alexandrer Nevsky da Eslovênia

De fato, a maioria das pessoas que vão fazer turismo na Estônia vão direto para Tallinn. Caso seja sua opção, passe duas noites por aqui e depois visite as maravilhas da Finlândia e Rússia. Afinal, é bom conhecer a vizinhança. 

A praça da Prefeitura, Tallinn, também é uma das atrações mais desejadas por todos turistas. Tudo isso porque as melhores atrações da cidades estão aqui. Você não pode perder!

Viljandi 

Cerca de 2.600 de história, Viljandi, tem grandes atrações. No entanto, o festival anual de música folclórica é um dos maiores pontos da Estônia. No mês de julho, cerca de 20 mil visitantes vão somente para ouvir as inúmeras canções folclóricas que compõem a cultura musical da Estônia. 

Os shows dão em lugares inusitados e as ruínas do Castelo da Ordem, em Viljandi, são uma ótima pedida para conhecer a cidade e sua história marcante. 

Parnu

A capital do verão e o melhor lugar para as férias, conta com a natureza tropical de uma praia com areia branca e fina. Com belas dunas, a praia dá um clima de resort natural. 

Mesmo à noite, dá para ver a galera caminhando pela maravilhosa costeira. Mas se chover, dá para ir até um parque aquático chamado Vee Park. Tudo isso lá em Parnu. É garantido que esse será o seu próximo melhor destino. 

Saaremaa

Saaremaa é a maior ilha da Estônia e está localizada no meio do mar Báltico. Já foi governada por suecos, alemães, russos e dinamarqueses. Inclusive, em Kuressaare, dá para ver um castelo medieval incrível. 

Saaremaa
Interior da ilha de Saaremaa

Dentro do castelo, o Museu Regional de Saaremaa. Portanto, se o intuito é de fazer uma caminhada, observar e tirar muitas fotos, esse é o local ideal. 

Tartu

Tartu
Esse é o centro de Tartu

A Tartu é um centro intelectual. Afinal, conta com uma impressionante Universidade de Tartu, na qual destaca esse gosto do país pelos estudos. Portanto, um dos destinos mais desejados.

É possível apreciar os edifícios do século XVIII, inovadores com sua tecnologia e um bairro só de sopas. Isso mesmo, sopas quentinhas. 

Nesse ponto de turismo na Estônia, até mesmo as ruas têm nome de sopa. Os nomes vem dos ingredientes que compõem as sopas: batata, feijões e ervilhas. Do lado do rio Emajõgi, lindas casas de madeira impressionam nossos olhos. Não dá para perder essa viagem!

É possível desfrutar da cultura, fazer passeios, ver as principais atrações e a degustar da gastronomia local. A Estônia surpreende com seu charme medieval e rico em conhecimento. O que não vale é deixar de ir.