O turismo na Moldávia é um assunto que tem aumentado a procura nos últimos anos, mas muitas pessoas ainda sofrem quando o assunto é buscar informações sobre esse país. 

Localizado entre a Romênia e Ucrânia, a Moldávia é um território que começa a se desenvolver melhor no último século, já que sofreu invasões e tomadas de poder na Era Soviética. 

Mais importante que isso, esse é um lugar no qual você pode sim fazer turismo e descobrir um mundo novo, onde o novo e o velho se misturam e algumas áreas ainda parecem perdidas no tempo. 

Ficou curioso? Então, pare de perder tempo e venha fazer essa descoberta. 

O que fazer na Moldávia 

Turismo na Moldávia
A Moldávia é cheia de lindas paisagens

Descobrir o que fazer em um lugar pode ser o que vai definir o seu destino de viagem, já que é preciso avaliar aquilo que você gosta ou que combina com o seu estilo. 

Além do mais, para entender como fazer turismo na Moldávia, você também vai conhecer um pouco mais sobre o clima e as possibilidades de paisagem, para escolher a melhor data e ter em mãos todas as roupas que precisa. 

Cidades da Moldávia

Quase todas as cidades da Moldávia possuem um acervo grande de parques verdes, monastérios e construções histórias que datam de uma época mais antiga, quando o país ainda pertencia a União Soviética. 

Com isso, você deve tirar um tempo logo que chegar ao seu destino para conhecer as opções mais próximas e visitar tudo o que conseguir. 

Mas, suponha que você tenha apenas um dia ou dois para visitar cada uma das principais cidades do país, que tal conhecer algumas dicas do que é indispensável?

Vamos lá!

Chisinau 

Chisinau é a Capital da Moldávia e um dos principais pontos de entrada, já que conta com o aeroporto internacional. 

Mesmo que ainda não seja uma verdadeira cidade turística, como aquelas da Europa que você vê na TV, Chisinau pode sim encantar. 

Para começar, a cidade abriga uma série de praças, cafés e áreas verdes ideais para quem busca um pouco de descanso, longo do agito, ou que adora ficar na sombra, ler e observar a paisagem. 

Devido a busca recente, já é possível encontrar empresas e pessoas que oferecem tours guiados, o que facilita e pode até garantir uma certa economia. 

Chisinau
Centro de Chisinau

Bom, de qualquer forma, você também deve ter em mente que mesmo sendo a capital, Chisinau fica em um país mais pobre, tem uma rotina e cultura diferente e a população é bastante diferente na etnia. 

Se você quiser saber o que fazer em Chisinau em um dia, aproveite para conhecer os melhores pontos turísticos da cidade: 

  • Casa do Governo; 
  • Arco do Triunfu; 
  • Catedral Nasterea Domnului; 
  • Monumento Stefan del Mare; 
  • Strada 31 August 1989; 
  • Jardim Público; 
  • Piata Centrala; 
  • Memorial Eternitate. 

Entendo que pode parecer muita coisa, mas acredite, tudo está próximo e você vai gastar pouco tempo em casa local. 

Já para quem gosta de curtir a noite, Chisinau oferece poucas opções de bares e praticamente nenhuma balada, mas como o turismo na Moldávia geralmente é mais cultural do que baladeiro, não vai fazer muita diferença. 

Algumas opções diversificadas existem quando a cidade está realizando algum evento musical ou cultural. 

Tiraspol 

Tiraspol é a capital da Transnístria, que é uma região autônoma dentro da Moldávia. Logo, esse é o segundo destino mais procurado depois da capital, Chisinau. 

Por ser um país que não existe, em partes, e que não é considerado como independente, Tiraspol ainda é uma sombra do Império Soviético que insiste em ficar na história da Moldávia.

Segundo relatos, o jeito mais fácil de acesso é através da Ucrânia, mas também é possível pegar vans e ônibus que funcionam como uma espécie de tour ou acesso facilitado, sendo geralmente mais baratos. 

Assim como Chisinau, Tiraspol tem uma série de áreas verdes, cafés interessantes e praças. 

Tiraspol
Tiraspol é outra cidade linda da Moldávia

Após chegar na região central da cidade, você já terá acesso a grande parte dos monumentos e pontos turísticos do país. 

Destaque para a avenida principal, a 25 de outubro, que facilita o acesso e possui várias das lojas e mercados da cidade.

Entre os destaques que você deve visitar em Tiraspol estão: 

  • Monumento Suvorov; 
  • Monastério Noul Neamt; 
  • Monumento To Aviators; 
  • Monumento Lenin; 
  • Monumentos Tank e Kotovsky; 
  • Jardim Botânico Nacional; 
  • Igreja Nativity.

Do mesmo modo que as dicas de Chisinau, o passeio é relativamente rápido e você consegue passar por todos esses lugares em apenas um dia, e ainda tem a pausa para o cafezinho. 

Balti 

Outra dica de turismo na Moldávia para se visitar é chamada de Balti, com inúmeras possibilidades de pronúncias e escritas. 

No quesito população, é uma das maiores do país e compete em importância econômica com a capital. 

Por ficar na região norte, um pouco distante de Chisinau, algumas pessoas apelidaram Balti de a capital do norte da Moldávia. 

Banhada pelo rio Raut, que é um afluente do Dniester, você pode esperar por uma paisagem mais montanhosa, ainda que seja possível encontrar algumas planícies que parecem infinitas. 

Quanto a questão de pontos turísticos, a cidade possui algumas boas opções que podem até atrair a atenção dos turistas, mais do que outras cidades do país, como: 

  • Central Market; 
  • Independece Square; 
  • Categral St. Nicolae; 
  • Lago Dobrogea; 
  • Igreja Roman Catholic, que é templo e mosteiro; 
  • Resedinta Episcopului; 
  • Museu da História de Balti. 
Balti
Centro da cidade de Balti, no inverno

Fora essas opções, a dica é andar pela cidade e conhecer um pouco mais sobre a estrutura mais antiga e que remete aos velhos tempos, mas que parecem novas e intocadas. 

Cahul 

Cahul fica no lado aposto de Balti, na região sul do país e tem um grande centro administrativo. 

É importante dizer que se trata de um distrito, sendo que Cahul também é responsável por administrar a aldeia de Cotihana.

Um dos destaques para a cidade é o chamado Nufarul Alb, que se trata de uma grande propriedade que oferece serviços de spa com águas térmicas. 

No mesmo local há uma área voltada para a Balneoterapia, que é uma tática que usa a água termal como cura para algumas doenças. 

Por outro lado, além de visitar o spa, você também pode aproveitar a viagem para Cahul para conhecer o grande mercado a céu aberto, que reúne a venda de uma série de produtos artesanais ou mesmo plantas e alimentos. 

Cahul também é uma cidade reconhecida pela culinária, oferecendo uma série de restaurantes típicos, que chamam a atenção do público. 

Também é possível curtir alguns eventos que são realizados ao longo do ano, como festivais, shows e apresentações culturais. 

No mais, Cahul é uma cidade mais voltada para o descanso, mas rica na quantidade de pousadas e bons hotéis ao lado de um clima mais calmo. 

Soroca 

Para finalizar essa lista de cidades da Moldávia, nada melhor que conhecer a capital cigana do país. 

Soroca é uma cidade que fica colada na fronteira da Ucrânia e, por isso, foi palco de um movimento constante de migração de ciganos, tonando-se a cada oficial desse povo. 

Mesmo que o movimento tenha caído ao longo dos anos, Soroca ainda mantém o status e chama a atenção devido aos principais pontos turísticos. 

Estes, são enormes palácios que foram construídos de forma aleatória pelo território, formando a cidade. 

Todas as casas são verdadeiros palácios suntuosos, cheios de luxo e imponentes em tamanho, além de réplicas de prédios famosos, como o Capitólio. 

A cidade é, no mais, é simples e tranquila, mas ainda atrai muitos turistas que querem conhecer um pouco mais da cultura e das construções ciganas. 

Clima da Moldávia 

O clima da Moldávia é chamado de semicontinental temperado, já que recebe a influência do Mar Negro. 

E o que isso significa? 

Basicamente, você pode esperar por invernos mais frios, longos e secos. Já o verão costuma ver um pouco mais úmido e fresco.

Durante o outono pode ser um pouco mais frio, sendo um prelúdio para o inverno, e a primavera é mais agradável e amena. 

Vale dizer que a Moldávia é relativamente quente e as chuvas são sempre irregulares e pouco comuns, logo você pode fazer turismo na Moldávia em qualquer época do ano.

Clima da Moldávia
Não deixe de conhecer o centro da capital, Chisinau

É possível ocorrer algumas tormentas durante o verão e a maior concentração de precipitações é em julho. 

Justamente por isso, longos períodos de seca são bastante comuns, o que faz com que uma época de constante chuva acabe no alagamento dos rios. 

Paisagens da Moldávia 

As paisagens da Moldávia podem ser divididas em dois grandes grupos: longas planícies onde você entra os principais rios e lagos locais e as colinas, que parecem se erguer imponentes da terra. 

Essa mudança provoca uma série de questões, como por exemplo, a erosão durante os períodos secos e alguns pequenos alagamentos e deslizamentos nos tempos chuvosos. 

Ainda assim, a beleza da Moldávia é, no mínimo, única. 

Como todo o país parece estar parado no tempo, é possível ver extensos espaços de terras livres, com espaço para pastagens. 

Vale dizer que a principal atividade da Moldávia se refere a agricultura, mesmo que a capital Chisinau e outras cidades, como Tiraspol, estejam buscando o crescimento em outras áreas. 

De qualquer maneira, isso fornece uma visão pouco conhecida para milhões de turistas: campos extensos de girassol, enormes pastagens livres para animais e campos de videira que parecem não ter fim.

Girassóis - Turismo na Moldávia

Ufa, tenho certeza que agora você já consegue entender porque fazer turismo na Moldávia passou de desconhecida para uma possibilidade de destino não é mesmo? 

Como conclusão, as cidades da Moldávia oferecem muitas opções de atrações em volta da história local e você pode curtir e descobrir um novo mundo.